domingo, 21 de novembro de 2010

Lá vem o Palocci aí...



O mandato do presidente Lula sofreu alguns arranhões quando alguns de seus nomes de confiança acabaram envolvidos no mensalão, primeiro José Dirceu, em seguida Antônio Palocci. Os dois até deixaram o governo, e a queda deles contribui para subida da presidente eleita Dilma Rousseff.
Mesmo não sendo o candidato a presidência Palocci se tornou o nome forte de Dilma, esteve na coordenação da campanha, e agora é cotado como um dos principais assessores da presidente. Dizem até que seu lugar será no gabinete da presidência.
Ele pode até ter sido absolvido, mas a população esqueceu de um caseiro, com sigilo bancário quebrado?
Já que “Lá vem o Palocci aí” nós vamos ficar de olho nele.

3 comentários:

André disse...

Olá Cíntia, parabéns pelo seu texto, porque é verdadeiro e reflete o que todos nós devemos pensar para ter um país melhor em todos os sentidos. Parabéns pelo blog. Visito sempre.

Boa semana.

Abraço.

André Ribeiro

Marcos Pontes disse...

Eles se complementam, formam um partido dentro do PT e fazem negócios juntos do lado de fora dos palácios. Seguem a máxima leninista de se manterem coesos e esticando a corda até que este estoure. Quando isso ocorre, o mais forte se livra dos mais fracos. O PT, por exemplo, já decapitou vários de seus nomes fortes: Heloisa Helena, Chico Alencar, Plínio, Marina, Babá... E mantém outros na geladeira, como o Suplicy, que é fiel ao partido, mas não segue a camarilha majoritária.

nadiavida disse...

Ééééé...... Temos que ficar de olhos abertos! Parabéns pelo texto.... e o amigo Marcos Pontes tem toda razão!!! Blog tá lindo!

Postar um comentário