sexta-feira, 29 de abril de 2011

Conselho

                                                                           sponholz.arq.br

Recriar zonais no PMDB de Curitiba é retrocesso!, diz presidente da FUG-PR

O presidente da Fundação Ulysses Guimarães do Paraná (FUG-PR), Rafael Xavier (foto), acaba de colocar mais lenha na polêmica envolvendo a disputa pelo mando do partido na capital.
Em artigo, Xavier diz que a recriação das zonais em Curitiba, representa um retrocesso na democfracia interna do partido.
“Se isso ocorrer (recriação das zonais), só terão direito a votar em convenção os parlamentares com domicílio eleitoral em Curitiba, os Membros do Diretório Estadual que votem na Capital, membros do Diretório Municipal e os delegados Zonais! Hoje todo filiado tem direito a voto”.
“Seria ou não um retrocesso?!”, indaga Xavier,  que é também presidente da JPMDB de Curitiba. Ele afirma ainda que, sob o argumento de uma “pseudo-participação popular”, lideranças “fisiológicas” pretendem “instrumentalizar” as zonais abrigando militantes alheios a ideologia peemedebista.
A seguir a íntegra do artigo:
“O PMDB de Curitiba, que sempre mostrou sua força política respaldada pela vontade popular, está na iminência de um golpe contra sua democracia interna. A recriação das zonais vai tirar o poder de decisão dos militantes na escolha dos membros do Diretório Municipal e consequentemente dos rumos que o partido deve tomar.
É um retrocesso sem precedentes no futuro do PMDB da capital . As zonais vão colocar o comando do partido nas mãos de caciques, acabando com a essência do partido, que é a sua militância.

Se isso ocorrer, só terão direito a votar em convenção os parlamentares com domicílio eleitoral em Curitiba, os Membros do Diretório Estadual que votem na Capital, membros do Diretório Municipal e os delegados Zonais! Hoje todo filiado tem direito a voto. Seria ou não um retrocesso?!

Sob o argumento de uma pseudo-participação popular, Algumas lideranças fisiológicas e sem trabalho de base dentro do PMDB, pretendem instrumentalizar estas zonais abrigando novos militantes alheios a ideologia peemedebista – alguns, inclusive, com “relações estreitas” com outros partidos – para desta forma garantir a vitória de seus projetos pessoais.
Usando um artifício de interpretação questionável, o grupo que pretende a implantação dos ditos diretórios zonais, pretende nomear, com aval do diretório estadual, somente representantes do mesmo nos 10 setores de Curitiba, na surdina, debaixo dos panos.
Deixo aqui meu alerta aos nosso filiados: Querem mudar a regra do jogo enquanto ele é jogado, sem ao menos avisar aos jogadores. Inadmissível!
Querem discutir a reformulação partidária? Ótimo, que seja feito. Mas o que se discute hoje é um projeto de poder pelo poder, um embate sem objetivo lógico, sem um projeto concreto para a Cidade.
A Curitiba de hoje deixou de ser modelo há anos, temos problemas com mobilidade urbana, lixo, criminalidade, falta de planejamento. Faltam médicos nos postos de saúde, vagas nas creches, ônibus aos usuários do transporte coletivo.
Sobram radares, pessoas em condição de pobreza, buracos nas ruas… Como partido político é nosso dever mostrar as mazelas sociais, escutar e debater com as diferentes camadas da população e principalmente, ter um projeto político que atenda aos anseios da maioria dos curitibanos.
Volto a repetir, a implantação dos diretórios zonais, da maneira que está sendo proposta, representa um golpe contra o voto direto na escolha dodiretório, seus rumos, dos candidatos a prefeito e futuros vereadores e principalmente, contra o real papel do PMDB na sociedade.
Defendo a convenção partidária como fórum legitimo para o debate de projetos e construção de nova direção e metas, desde que essa seja a vontade da maioria, de maneira reta, transparente e democrática!
Lutar contra este retrocesso é garantir a democracia interna e a pluralidade de idéias que norteiam nosso partido há 45 anos, é vestir o espírito do MDB Velho de Guerra e assegurar um partido que escute suas bases para que não perca sua essência. Disto não podemos abrir mão!
Rafael Xavier, é militante, Presidente da Fundação Ulysses Guimarães do Paraná e da JPMDB de Curitiba.
Telefone para contato (41) 8706-1001″

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Casamento Real

                                                                       http://zedassilva.blog.uol.com.br/

STF decide: vaga no legislativo pertence ao suplente

No Paraná o petista Elton Welter comemora 
O Supremo Tribunal Federal decidiu no final da tarde desta quarta-feira (27 de abril), após mais de 6 horas de debates, que, no caso de vacância do cargo de deputado por afastamento do titular eleito, devem ser convocados pelas Casas Legislativas os suplentes da coligação e não os do partido.
A decisão do STF encerra a polêmica que dominou o debate político nos últimos cinco meses e deve beneficiar o suplente de deputado estadual Elton Welter, do PT paranaense.
Como primeiro suplente da coligação, Welter chegou a assumir o mandato por 13 dias no início de fevereiro.
Em razão de decisão liminar do desembargador José Augusto Gomes Aniceto, do Tribunal de Justiça do Paraná, o presidente da Assembleia Legislativa deu posse ao primeiro suplente do PMDB, Gilberto Martin, mesmo partido do deputado Luiz Cláudio Romanelli, que se afastara do cargo para assumir a Secretaria de Estado do Trabalho do Governo Richa.

Posteriormente, o TJ/PR, por maioria de votos, não acatou o agravo regimental impetrado pela defesa de Welter, dando provimento à liminar, permanecendo com o entendimento de que a vaga era do suplente do partido, o que levou o Ministro Lewandowski, em visita a Curitiba, a classificar como “esdrúxulas” as decisões da Justiça do PR.

Para Welter, a decisão do STF “consagra em definitivo a tese que vínhamos defendendo, com a garantia do cumprimento do devido processo legal que se dá com a proclamação dos resultados pela Justiça Eleitoral, por meio da diplomação conforme a ordem de votação.”
Welter se diz extremamente feliz com o bem fundamentado voto da Ministra Carmen Lúcia, que cassou as liminares anteriormente por ela deferidas e deixou claro que deve ser respeitado o direito dos suplentes mais votados pelas coligações à vaga do parlamentar que se licencia.
Logo após o voto do Ministro Fux, Joaquim Barbosa e Tóffoli, em favor da coligação, Welter comemorou pelo twitter: “Não entendo como uma vitória minha, mas uma vitória dos 42 mil eleitores que me fizeram primeiro suplente da coligação. JUSTIÇA FEITA” para em seguida, novamente pelo twitter, afirmar:
“Este período de afastamento, me fez amadurecer convicções. Voltarei para um 3º mandato com maior vontade ainda de lutar em favor da JUSTIÇA”, sempre acentuando em letras maiúsculas o sentimento que predominava.
Antes do voto dos Ministros, o Procurador Geral da República e a representante da Advocacia Geral da União Gleisi Fernandes, e outros advogados que aturam como “amicus curiae” também pediram a denegação da segurança.
A advogada da União chegou a citar uma situação no Amazonas que, caso prevalecesse a tese que mandato pertenceria ao suplente do partido um deputado que obteve 17 votos iria assumir em lugar do suplente da coligação que obteve 69 mil votos.

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Requião

Obras



Algumas coincidências me fazem pensar muito em determinado assunto. Ontem (26), ao acordar, vi novamente o Rio de Janeiro atingido pelas chuvas.
No decorrer do dia quando vim para o computador conferir as notícias vi uma declaração do Ministro das Cidades, Mário Negromonte. Ele disse que a presidente Dilma Rousseff não dá puxão de orelha por causa do atraso nas "obras".
Ao chegar da faculdade quando recebi a ilustração do Zé Dassilva, pensei é mais um chamado para falar do tema.
Vou conferir as redes sociais e vejo comentário de que o Secretário Estadual de Assuntos da Copa do Mundo (Paraná), Mário Celso Cunha, disse que acredita na possibilidade de Curitiba não sediar o evento.   
Acho que está na hora da presidente começar os puxões de orelha, seja dos seus ministros ou governadores. Sou uma das pessoas que sempre foi otimista quanto ao Brasil sediar a Copa do Mundo e a Olimpíadas. Mas diante do que vejo começa a me preocupar.
Ficar com desculpas que a África do Sul conseguiu, não resolve os problemas, está na hora de apontar soluções. Até quando veremos a imagem dos acessos ao Maracanã, palco do jogo final, ou de outras capitais alagado?
Vamos ter que além de ficar de olho, questionar e muito os passos dos governos, federal ou estadual. 

terça-feira, 26 de abril de 2011

Dilma x Inflação

                                                                  http://chargesdotinho.blogspot.com/

Rapidinhas do Paraná

O projeto de reajuste do salário mínimo regional foi aprovado, por 46 votos. O PT apresentou duas emendas, mas o líder do governo deputado Ademar Traiano (PSDB) acredita que elas serão derrubadas. Traiano afirmou que o conteúdo das emendas já foi discutido e acordado entre governo, empresariado e trabalhadores.
A Comissão de Constituição e Justiça discute hoje (26), a pensão das viúvas dos ex-governadores.  O tema já foi colocado em pauta, mas não chegaram ao consenso e ficou de lado. A briga será boa, pois uma das viúvas é a mãe do governador. Vamos ficar de olho nos passos dessa discussão.
O pedido de esclarecimento da compra da cozinha do Palácio Iguaçu, feito pelo deputado Taneu Veneri, ainda continua sem avanços. Será que o assunto pode emplacar?
O episódio do senador Roberto Requião (PMDB) já deu o que falar. Sou contra qualquer ato de censura, mas chega de dar manchete a esse assunto. O jornalista já fez sua denúncia e cabe a justiça  julgar Requião. 

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Vacinação

                                                                                                         Zé Dassilva

Rapidinhas de Brasília

                                                 http://zedassilva.blog.uol.com.br/


Hoje (25), a presidente Dilma Rousseff, após tomar a vacina contra gripe, falou da sua preocupação com a inflação. Ela garantiu que o governo vai se mobilizar para combatê-la.

O senador Pedro Taques (PDT-MT), propôs alteração no artigo 37 da Constituição. Neste está previsto a divulgação dos atos públicos, ele quer alterar o texto para que abranja divulgação por meios eletrônicos. Se a proposta for aprovada a redação atual será;
“permitir a qualquer cidadão acompanhar e fiscalizar, com apenas um ‘clique’, aquisições, contratações, demissões e outras atividades jurídicas da administração pública”.

 A Comissão Especial da Reforma Política reunirá amanhã (26), com presidentes das assembléias legislativas e das câmaras de vereadores das capitais. O assunto do encontro será o processo eleitoral e a propaganda nas eleições. Vamos ficar de olho no resultado desse encontro. 

domingo, 24 de abril de 2011

Adeus feriado


O Feriadão prolongado paralisou as ações nos órgãos públicos, mas nós ficamos de olho o tempo todo. E amanhã estaremos aqui aguardando as novidades pós-feriado.
Que venha a rotina novamente. Adeus Feriado!

sábado, 23 de abril de 2011

Páscoa é ...






Páscoa é ser capaz de mudar,
É partilhar a vida na esperança
É lutar para vencer toda sorte de sofrimento.
Páscoa é dizer sim ao amor e à vida, 
É investir na fraternidade,
É lutar por um mundo melhor,
É vivenciar a solidariedade.
Páscoa é ajudar mais gente a ser gente,
É viver em constante libertação,
É crer na vida que vencer à morte.
Páscoa é renascimento, é recomeço,
É uma nova chance pra gente melhorar
As coisas que não gostamos em nós.
Para sermos mais felizes por conhecermos
A nós mesmos mais um pouquinho e vermos
Que hoje somos melhores do que fomos ontem.
Feliz Páscoa!!!

CPI Saúde



As redes sociais (Twitter, Facebook, Orkut e outras) tem sido palco de diversos protestos. Ontem (22), um novo movimento nasceu os favoráveis pela realização da CPI da Saúde.
Eu sou uma vítima do caos do SUS (Sistema Único de Saúde), aguardei por um ano a realização de um procedimento cirúrgico de emergência. Deve ser por isso que em muitos momentos critiquei o por aqui.
Se a própria Controladoria Geral da União enxerga as falhas, e aponta a falta de fiscalização no sistema, nós usuários estamos cansados de encará-los.
O governo vê com solução ao “caos” a volta da CPMF, mas no período da sua existência ela não foi aplicada efetivamente no sistema.
Vejo a CPI como uma luz para o debate público, mas como já escrevi aqui espero que o SUS seja rediscutido para ser reestruturado. Não basta termos ele no papel, ele tem que ser eficaz suas ações.
Estaremos aqui de olho na CPI, torcendo para que ela não seja mais uma, mas sim responsável pelo início da mudança.

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Guerra Cambial

                                                                       http://zedassilva.blog.uol.com.br/

Oposição

A jornalista Cristiana Lôbo definiu como “Inferno astral” o momento do PSDB. Mesmo com um forte movimento, nas redes sociais, em defesa do ex-presidente, Fernando Henrique Cardoso, a maré não anda boa para os tucanos.
Nessa semana, só na Câmara de São Paulo 7 vereadores tucanos deixaram à sigla, sem contar com outros que já tinham pulado para o PSD.
Discordo da jornalista quanto ao episódio do senador, Aécio Neves, não vejo isso como algo a arranhar a imagem do partido. Mas concordo com ela de que a oposição ao governo continua desorganizada.
O salário mínimo mesmo com tanta discussão foi aprovado tranquilamente, e onde estava a oposição?
Sem uma liderança forte ficou na dela e foi derrotada, sem muitos esforços, pela base governista.
O DEM, outro partido de oposição, também tem perdido muito dos seus para o PSD. É hora da oposição se encaixar nos trilhos, pois ela é fundamental no processo democrático.
Nós temos que ficar de olho, mas a oposição muito mais. 

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Eleitor



O Ficha Limpa ficou para as próximas eleições, mas restam alguns mandatos em perigo. Correm no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), 10 processos contra governadores eleitos.
O site Congresso em Foco que divulgou a informação consultou o cientista político, Gilberto Barreto da UBN (Universidade de Brasília). Ele considera que mesmo havendo uma grande movimentação popular defendendo o Ficha Limpa ela não se reverte nas urnas.
Ao ler o comentário vi que tenho a mesma opinião, até me pergunto o que leva os eleitores a votar em candidatos fichas sujas.
Vivemos num país “democrático”, mas somos eleitores preparados, a discussão da reforma política mudaria. São muitas perguntas, ainda estamos engatinhando no processo político, mas isso precisa mudar logo.
Queremos muito que isso se reverta, e que candidatos fichas sujas sejam julgados nas urnas. Nós continuamos de olho, e esperamos contribuir nessa mudança do eleitor. 

Para refletir

                                                                                                   sponholz.arq.br

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Congresso

                                                                                     Jornal do Campus

O Congresso anda agitado, mesmo com a Reforma Política restrita a sua comissão, outros temas tem sido destaque.
Como nós estamos de olho vamos contar alguns dos temas que os deputados federais estão defendendo;
Dois temas distintos, mas relevantes foram aprovados na terça-feira (19), um deles é a regulamentação das Lan Houses. Este formato de micro empresa, ainda sofre preconceitos, mas vejo além da geração de renda. Elas são propagadoras de informação, muitos se utilizam delas para acessar a internet. Agora o projeto vai para votação no Senado, e nós vamos continuar de olho.
Ainda ontem (19) o deputado Carlos Eduardo Cadoca (PSC-PE), apresentou proposta para que se aumente o investimento de capital estrangeiro no Brasil. Atualmente é de 20 %, se aprovado passaria para 49%. Eu há algum tempo, sou favorável a investimento estrangeiro nos aeroportos e companhias aéreas, não acredito que o governo resolva o caos aéreo sozinho.
Parece que perto do feriado eles aceleraram o ritmo, aprovaram juros menores a empresas que foram atingidas pelos desastres naturais. Será disponibilizado R$ 1 bilhão, em linha de crédito, por meio da emenda 513/10. A proposta a princípio beneficiaria o estado de Alagoas e Pernambuco foi alterada e todos os estados poderão requerer o financiamento.
Os deputados entram em recesso, mas nós vamos continuar de olho. 

terça-feira, 19 de abril de 2011

Aposentadorias



Meu grande amigo Boca Maldita, hoje (19), em seu blog. Questionou se o presidente Valdir Rossoni foi derrotado, na batalha das aposentadorias, pelo ex-governador Roberto Requião, ou vice-versa.
Desde cedo quando vi essa pergunta busquei resposta, e cheguei à conclusão que nós perdemos, pois somos eleitores assistindo a disputa de interesses.
Eu sempre desconfiei da denúncia da OAB, as aposentadorias existem há anos, e não é o caso de uma investigação longa para identificá-la.  
Depois mais interessados entraram na disputa, o governador Beto Richa (PSDB-PR) suspende o benefício, de ex-governadores com a justificativa de que é após a constituição de 1988, o que não atingiu ao direito da sua mãe continuar a receber a do seu pai, ex-governador José Richa.
Requião sempre teimoso recorre e ganha na justiça o direito de continuar recebendo a sua aposentadoria.
Agora nossos deputados derrubaram a PEC (Proposta de Emenda Constitucional) do deputado Mauro Moraes (PSDB-PR), e garante aos nossos ex-governadores o direito a aposentadoria.
Todos os capítulos dessa novela não são dedicados apenas à legalidade, mas se tornou um jogo de interesses, onde quem pode mais ganha. E nós, eleitores, que pagamos os impostos continuamos contribuindo com as aposentadorias.
Espero que se as discussões das aposentadorias retomem desde que elas sejam focadas na questão legal, e não no tapetão dos interesses. Vou estar aqui de olho!

Nepotismo

                                                      chargesdotinho.blogspot.com

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Rapidinhas

No programa “Café com a presidenta”, Dilma Rousseff, declarou que sua ida a China foi um avanço nas relações entre os países. E que agora muitas vagas de emprego serão geradas. Vamos ficar de olho.

Após o estudo do IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), divulgar que nove dos trezes aeroportos em obras, em função da Copa do Mundo (2014), não estariam prontos. O ministro da Secretaria de Aviação Nacional Wagner Bittencourt de Oliveira, declarou que os cronogramas estão adequados. Eu torço para que fique pronto, temos que ser mais otimistas e acreditar que estarão, já que vamos sediar os eventos e melhor fazer bonito.

Essa novela da apreensão da habilitação do Aécio Neves já deu não que seja a favor de dirigir bêbado, mas fazer isso o top dos assuntos das redes sociais é demais. Se ele é bom moço ou não, não somos nós que vamos julgar. #hipocrisia

Troca de farpas de ex-presidentes da sempre o que falar, FHC criticou, Lula rebateu e agora o tucano desafiou o petista a concorrer contra ele uma eleição a presidência. Qual será o próximo capítulo? Estamos de olho. 

domingo, 17 de abril de 2011

Desarmamento já

                                                                                                   sponholz.arq.br

Resumo da semana



A semana foi agitada nos bastidores político começou com a viagem da presidente, Dilma Rousseff (PT) a China, além de participar da reunião do BRICS (Grupo de países em desenvolvimento). A pauta da visita era longa, carne suína, óleo de soja, aviões e até os famosos Ipads, mas não ficou apenas focada na discussão de acordos econômicos, e ela aproveitou para tentar articular a participação do Brasil no Conselho de Segurança da ONU.

Enquanto Dilma esteve no exterior o presidente em exercício, Michel Temmer (PMDB) deu sua passadinha aqui no Paraná. Ele visitou a 51ª Exposição Agropecuária e Industrial de Londrina, e não deixou de comentar outro tema da semana, a discussão do Código Florestal, ele disse que o governo está convencido de que ele será aprovado, deu até um prazo antes de 11 junho. Vamos ficar de olho.

No meu Paraná o governador, Beto Richa (PSDB), também esteve na 51ª Exposição Agropecuária e Industrial de Londrina, mas para realizar audiência pública, na última sexta-feira (15).

A novela das aposentadorias dos ex-governadores se prolonga, a votação na ALEP (Assembléia Legislativa do Paraná), que era na semana passada ficou para essa, mais um tema para ficarmos de olho.

Vou ficando por aqui, mas de olho nas novidades. 

sexta-feira, 15 de abril de 2011

PSD

                                                                            chargestdotinho.blogspot.com

Rapidinhas

O governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), está em Londrina, com integrantes do governo, para a 1.ª audiência pública da sua gestão.

Enquanto Richa faz a sua audiência, em Londrina, lá na Capital os deputados votam, hoje, a PEC (Proposta de Emenda Constitucional) a qual põe fim na aposentadoria dos ex-governadores. Recebi a informação que a votação será na segunda-feira (19).

Lá em Brasília o deputado federal, José Antônio Reguffe (PDT-DF), recusou alguns dos benefícios e como era de se esperar recebeu críticas de colegas. Quando veremos a maioria deles recusando benefícios, e reduzindo número de funcionários no gabinete?

O governo está com o alerta ligado, na inflação e desvalorização do dólar, estão em busca de soluções e nós continuamos de olho. 

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Madrid X Barcelona

                                                                                                    sponholz.arq.br

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Desarmar

A questão do momento é desarmar, motivada pelo massacre de Realengo-RJ. Não sei se sou uma pessimista, mas vejo apenas interesse como um jogo de interesses a tentativa de iniciar um novo debate de desarmamento.
Meu pensamento é que desarmar não reduz a criminalidade, bandido não vai a loja comprar armar para cometer crime, e quando vejo senadores e deputados falando em novo plebiscito enxergo uma tentativa de manter esquecida reforma política e a previdenciária.
O país comovido pelo massacre, e muitas vezes desatento de outros temas políticos acompanharia o debate do desarmamento, e nem se preocuparia com outras questões.
Muita coisa vai ser dita, cabe a nós ficar de olho.  

terça-feira, 12 de abril de 2011

PR registra queda nos casos de dengue


                                                                                                 chargesdotinho.blogspot.com
Do site Boca Maldita
O Paraná registrou uma queda de 44% nos casos confirmados autóctones (cuja infecção ocorreu dentro do Estado) em relação a este mesmo período de 2010, de acordo com o informe divulgado pela Secretaria de Saúde nesta segunda-feira (11).
O secretário da Saúde, Michele Caputo Neto, disse quer apesar da queda a situação ainda é alarmante. “O governo continua atuando no combate à dengue e o apoio da população é essencial para que vençamos esta batalha”, afirmou.
NÚMEROS - O novo informe, referente a dados registrados até a semana epidemiológica nº 14 deste ano, contabiliza 36.063 notificações, destas, 10.332 foram confirmadas como caso de dengue, sendo 10.091 autóctones e 241 importados.
Em 2010, neste mesmo período, o Paraná já confirmava 14.905 casos autóctones, o que mostra que houve uma queda em relação às infecções ocorridas dentro do Estado. Somente neste ano foram registrados 56 casos graves da doença (febre hemorrágica ou dengue com complicação) e 11 mortes.
“O combate à doença é um dos pontos prioritários da nossa gestão, desde o início do ano temos intensificado as ações de combate e prevenção. Também já reforçamos as equipes de saúde e enviamos recursos para fortalecer a rede assistencial de alguns municípios. Para que haja uma queda ainda maior precisamos do envolvimento de todos, são hábitos simples que fazem grande diferença”, disse Caputo Neto.
Mesmo com as temperaturas mais baixas, as medidas de prevenção devem continuar. Este período é considerado ideal para intensificar a eliminação de possíveis focos do mosquito transmissor da doença.
“Os ovos do Aedes egypti sobrevivem por até 450 dias esperando um dia de clima propício para sua eclosão. Se evitarmos que esses ovos se desenvolvam no período mais frio, a possibilidade de que os casos de dengue diminuam no ano que vem é grande”, explicou o superintendente de Vigilância em Saúde, Sezifredo Paz.
Para evitar a reprodução do mosquito, o recomendado é ficar atento a todo recipiente que possa acumular água em casa, como pratinhos de vasos, garrafas, pneus, caixas d’água e calhas. É fundamental, também, dispensar em lixo adequado qualquer tipo de entulho e materiais que possam reter água.
REFORÇO – Nesta semana, 10 técnicos da Secretaria da Saúde se deslocarão para a região oeste do Estado para reforçar as equipes municipais no enfrentamento à dengue.
Eles se dividirão, principalmente, entre os municípios de Guaíra, Foz do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu e São Miguel do Iguaçu, que se encontram em situação preocupante em relação ao controle da dengue.

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Cem dias

                                                                                                   sponholz.arq.br

domingo, 10 de abril de 2011

Saudades!

Tem dias que a moça tagarela fica muda, estou vivendo um momento assim, há poucos instantes soube que um amigo faleceu, ele não foi apenas um dos que tanto me apoiaram enquanto estive doente. Ele era o cara, que me dava broncas, fazia na marra eu ser forte, e mesmo antes dos meus problemas vivia por aqui comentando, e nas nossas longas conversas profetizava que eu iria longe. Hoje, a noite está tão triste, sei que está em paz depois de fazer tanto bem. Obrigada por tudo! Saudades!


A UM AUSENTE


Tenho razão de sentir saudade,
tenho razão de te acusar.
Houve um pacto implícito que rompeste
e sem te despedires foste embora.
Detonaste o pacto.
Detonaste a vida geral, a comum aquiescência
de viver e explorar os rumos de obscuridade
sem prazo sem consulta sem provocação
até o limite das folhas caídas na hora de cair.



Antecipaste a hora.
Teu ponteiro enlouqueceu, enlouquecendo nossas horas.
Que poderias ter feito de mais grave
do que o ato sem continuação, o ato em si,
o ato que não ousamos nem sabemos ousar
porque depois dele não há nada?



Tenho razão para sentir saudade de ti,
de nossa convivência em falas camaradas,
simples apertar de mãos, nem isso, voz
modulando sílabas conhecidas e banais
que eram sempre certeza e segurança.



Sim, tenho saudades.
Sim, acuso-te porque fizeste
o não previsto nas leis da amizade e da natureza
nem nos deixaste sequer o direito de indagar
porque o fizeste, porque te foste
Carlos Drummond de Andrade

sábado, 9 de abril de 2011

Resumo da semana

Essa semana foi agitada nos bastidores políticos, e na minha vida, vou fazer um breve resumo, hoje, de temas que marcaram a semana.

Logo, na segunda-feira (05), o mensalão tomou conta das redes sociais, depois da Revista Época publicar matéria com os caminhos do mensalão, nasceu o movimento #JulgamentoMensaleirosJa. Eu não estou defendendo e nem julgando ninguém, mas achei infeliz o comentário do ex-presidente Lula ao declarar que o mensalão será julgado em 2050.
Como diz aquele ditado, “Onde há fumaça, há fogo”, se existe uma investigação, e que houve irregularidades, pode não ser culpa de todo um partido, mas os envolvidos devem ser condenados.
A presidente, Dilma Rousseff (PT), está preocupada com a valorização do real, e também com um possível aumento da gasolina. Sua equipe econômica está estudando soluções, vamos ficar de olho.
Aqui pelo meu Paraná, o candidato derrotado ao governo, Osmar Dias (PDT), enfim foi nomeado no BB. O vice na chapa com Dias, o ex-deputado federal, Rodrigo Rocha Loures, será assessor do vice-presidente Michel Temmer (PMDB). O ex-governador, Orlando Pessuti (PMDB), continua aguardando seu cargo, prometido durante as eleições para que desistisse de concorrer ao governo do estado.  
A presidente, Dilma Rousseff (PT), liberou R$ 25 milhões repassados por meio do Ministério da Integração Nacional e Secretaria Nacional da Defesa Civil, para as cidades do litoral paranaense atingidas pelas enchentes.
Na quinta-feira, o Brasil ficou de luto, com a tragédia na Escola em Realengo-RJ, preferi não entrar em detalhes, pois tudo já foi dito. Gostaria de pedir que todos orem pelas vítimas, pelas que já nos deixaram precocemente e também pelas que continuam nos hospitais em recuperação.
E para encerrar, ontem (08), a presidente Dilma Rousseff (PT), embarcou para China, a viagem pretender selar acordos econômicos, principalmente nas exportações. Representantes dos BRICS, grupo de países emergentes, composto por Brasil, China, Rússia, Índia e África do Sul, participarão de um encontro.
Até segunda-feira! Continuem de olho!
Peço a todos os leitores do Tôdeolho orações para o meu amigo que está no Japão, ele continuo internado, e não tenho informações dele. Força! 

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Táxi aéreo

                                                                                                   sponholz.arq.br

quinta-feira, 7 de abril de 2011

#diadojornalista

Desculpa só agora postar uma mensagem, mas quero dedicar um carinho especial aos amigos jornalistas que tanto me ensinam. Daqui a 3 meses também estarei entre vocês. Parabéns!


Ser jornalista é ir além da profissão…
Jornalista não fala – informa
Não passeia – viaja a trabalho;
Não conversa – entrevista;
Não faz lanche – almoça em horário incomum;
Não é chato – é crítico;
Não tem olheiras – tem marcas de guerra;
Não se confunde – perde a pauta;
Não esquece de assinar – é anônimo;
Não se acha – ele já é reconhecido;
Não influencia – forma opinião;
Não conta história – reconstrói;
Não omite fatos – edita-os;
Não pensa em trabalho – vive o trabalho;
Não vai a festas – faz cobertura;
Não acha – tem opinião;
Não fofoca – transmite informações inúteis;
Não pára – pausa;
Não mente – equivoca-se;
Não chora – se emociona;
Não some – trabalha em off;
Não lê – busca informação;
Não traz novidade – dá furo de reportagem;
Não tem problema – tem situação;
Não tem muitos amigos – tem muitos contatos;
Não briga – debate;
Não usa veículo – mas sim carro;
Não é esquecido – é eternizado pela crítica;
Jornalista não morre – coloca um ponto final!