domingo, 4 de abril de 2010

Marionete ou governante?

                                                                Roque Sponholz


O jornal O Globo publicou, ontem, uma matéria onde especialistas analisaram os discursos dos pré-candidatos a presidência. Selecionaram 32 discursos de José Serra (PMDB), 13 de Dilma Rousseff (PT) e 7 de Marina Silva (PT).
Fica clara a tentativa de Dilma em utilizar sempre a popularidade do presidente Lula (PT), ela citou ele 96 vezes, enquanto seu adversário Serra citou o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) apenas 4 vezes.
A candidata do PV, Marina Silva, não ataca seus adversários, mas cita em seus discursos os pontos negativos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).
O presidente Lula que não é candidato, mas é o principal cabo-eleitoral de Dilma, só no mês de março em seus discursos fez 69 citações à ex-ministra, seria uma tentativa de propagar o nome da sua candidata para os seus eleitores?
A candidata petista se eleita será uma marionete do seu partido ou uma governante de voz ativa?
Vamos ficar de olho nos rumos da disputa pelo Planalto.

7 comentários:

Pio do Jacu disse...

Parabéns pelo blog futura colega... muito interessante o conteúdo, principalmente político é o que precisamos difundir neste ano. Um abraço do jornalista Dennis Migliorini (Laranjeiras do Sul/PR).

Cahuê Miranda disse...

Cintia, é uma pena que o primeiro comentário que faço no seu blog seja uma crítica. Mas discordo plenamente da sua análise.

Se Dilma cita mais vezes Lula do que Serra cita FHC, isso é devido somente à popularidade dos dois personagens em questão. Se fosse o inverso (Lula com alta rejeição e FHC com altíssima popularidade), os discursos se inveteriam também.

Já a questão sobre se Dilma será "uma marionete do seu partido ou uma governante de voz ativa" não tem nexo. Um político é eleito e deve governar justamente de acordo com as diretrizes e preceitos de seu partido. Um "governante de voz ativa" é aquele que defende ativamente os princípios de seu partido, e não o que governa de forma fisiológica, abrindo mão deles em troca de mais poder e de aliados que lhe exigem uma postura que vai contra suas convicções ideológicas e partidárias. E também aquele que, vendo corrompidos ou renegados o valores e princípios que fundamentam o programa partidário, sabe se colocar contra ou mesmo desobedecer as orientações políticas momentâneas.

Já aviso: não votarei na Dilma.

Beijo pra ti e parabéns pelo blog.

Tatiana Beal disse...

Cíntia, seu blog começou com assuntos polêmicos e muito interessantes para toda sociedade!
Em especial a este post, sabemos que Dilma é simplesmente uma vassala de Lulla, sem experiência como candidata, com um currículo que foi fraudado e com uma estratégia eleitoral enraizada no pragmatismo do PT. Ela se espelha em Lulla, seja por vontade própria ou imposição. A questão não é se ela deixará de ser algum dia a marionete de Lulla, mas sim, se Lulla deixará Dilma sozinha durante a campanha presidencial.Até porquê, se Lulla parar de empurrá-la, Dilma cai...
"Já aviso: não votarei na Dilma."[up]

Abraço,

Tatiana Beal

SILVA FILHO disse...

Boa Noite.
Estou certo que Dilma será usadas pelos bagunçeiros da América do Sul.
Lula tenta jogar tudo fora quando tenta colocar alguém que não tem condições sequer para manter as coisas boas de seu governo. Que dirá apresentar um projeto independente.
Famoso PROJETO BARRANCO.
Abraço.
Julio

mosaicosocial disse...

Cintia,

Parabéns pelo blog - gracinha pelo título e visual e ousado pelo assunto.

Sobre seu post da análise do Globo, achei-o meio óbvio por tudo que vem sendo dito e lido por aí... então, sugiro que vc tente diferenciais, algo como comparar análises dos jornais X e Y, por exemplo. Assim, vc agrega valor ao que os meios de comunicação estão fazendo sob uma ótica de observadora de fora, ao invés de usar o seu espaço para apenas ecoar.

Sugestão apenas - já que foi vc quem me convidou ao espaço via twitter e eu, viciada nesta coisa de ter "pupilas" -- como bricaram a Leda e a Liliane -- acho que dar estes toques podem ajudá-la. Então, por favor, leve estas observações como construtivas, por favor. A última, BTW - e, acredite, vale para mim tb, que escrevo como falo - é dar uma atenção maior à pontuação - e especialmente aqui, na concordância, mas como já rolou a mudança ortográfica, tenho dúvidas quanto ao tal fica claro a - para mim, é fica clara a ...

Boa sorte, boas análises, conte comigo, vamos trocar ideias e figurinhas, estou à disposição e vamos que vamos.

:o)

@mosaicosocial

Guizo Vermelho disse...

Tanto Dilma quanto Serra e Marina são marionetes dos verdadeiros donos do Brasil: os banqueiros e as transnacionais.

Marcus Marcondes disse...

Aos que defendem a Dilma, vale lembrar que ela não pertencia ao PT e sim ao PDT e que ela está sendo moldada sim. Vai cumprir à risca a determinação de Lula, Zé Dirceu e cia.

Postar um comentário