domingo, 21 de março de 2010

A marionete

                                                                                                          Spon Holz


Há algum tempo os nomes para a sucessão de Lula eram outros, José Dirceu, Antônio Palloci, mas veio o mensalão, a quebra do sigilo bancário, e os homens do presidente foram abalados. Deixaram o governo e passaram a viver em segundo plano no partido.
Outro nome teve que surgir para cobrir essa lacuna, ninguém sabe como decidiram, mas pegaram uma certa Ministra de Minas e Energia, levaram para a Casa Civil, criaram um tal de PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), e fizeram nascer um nome, Dilma Roussef, ou a mãe do PAC.
A fama dela no governo não é das melhores, é tachada de autoritária e antipática, mas como o PT não pode perder a oportunidade de continuar no poder, está fazendo dela uma marionete, todos os seus passos são estabelecidos e ensaiados pela sua turma, até o presidente determina o que ela deve fazer ou falar.
Mas a atriz principal não tem tido boa atuação, confunde os nomes das autoridades locais durante as visitas, fica perdida no que deve ser feito nos eventos, e andou até falando demais.
Na quarta passada, em Minas Gerais, questionada pelo produtor Rubens de Carvalho, diretor da área internacional da ABCZ, sobre o Plano Nacional de Direitos Humanos, recusou-se a responder a sua opinião, e disse que só pode falar após três de Abril, ou seja, quando ela estará fora do governo.
Será que os marketeiros e liderenças petistas vão conseguir controlar a marionete?
Vamos ficar de olho se vai dar certo moldar essa candidata.

5 comentários:

Flaviano disse...

Infelizmente, todo ano pré e de eleição, se repete a cena. São políticos que, de alguma forma, tentam se perpetuar no poder, indicando sucessores. Pena é ver que o cidadão ainda cai nessa mesmice.
Um abraço.

Babados e Boatos disse...

hummm adoreiii hsuahsuahushas bejOO sucesaOOO o blog hein ;)

disse...

Sou fã de todos seus textos.. Mas esse está perfeito! Na minha opinião é o melhor!

Tô-de-Olho disse...

Obrigada Rê e Dayse pelo carinho.
Vcs sabem que o Tô-de-Olho nasceu da insistência de vcs todos da facul.
Bjos

Marco Sobreira disse...

Pois é, a corrupção deixou o LULA sem muita escolha, mas a Dilma (marionete) foi a pior delas. Voce conhece alguém que é Dilma? Não tem cacife político, nunca participou de uma eleição, não tem jogo de cintura. O PSDB não podería ter melhor adversária. Parabéns pelo blog.

Postar um comentário