quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Mínimo

                                                                           sponholz.arq.br


E o governo, ontem (16) garantiu a aprovação do salário mínimo de R$ 545,00. Eu, quando vi toda aquela confusão na câmara desconfiei que fosse aprovado com tanta tranqüilidade.
Eu estava enganada, o governo ganhou e com folga, na votação das outras propostas, a de R$ 560,00 e de R$ 600, 00, os votos contra elas foram muito superiores aos favoráveis.  Já na sua proposta os partidos da base garantiram 360 votos no mínimo de R$ 545,00.
Depois de passar pela primeira prova de fogo o governo está tranqüilo, tem a maioria do senado na sua base. O mínimo vai ficar em R$ 545, 00, o que me preocupa e os reajustes serem estabelecidos por decreto governamental.
O deputado Roberto Freire (PPS-SP) apresentou uma proposta em destaque a esse artigo, mas que também foi derrotada pelos aliados do governo (350 votos contra).
Vamos ficar de olho na próxima votação, até o senado. 

Um comentário:

elias glaucio disse...

Dilma mostrou força politica,espero que ela demonstre esse mesmo empenho,quando estiver em jogo os interreses sorrateiros dos surrupiadores da naçao.Com todo esse poder de fogo,ela ja tem respaldo para realizar as reformas que o pais precisa:Tributaria,politica e previdenciaria.

Postar um comentário