quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

REQUIÃO E O DISCURSO DO PSDB SOBRE O SALÁRIO MÍNIMO NACIONAL


“Como então o PSDB pode criticar o governo federal se não fixa salário mínimo regional nos estados que governa e quando estabelece, propõe valores irrisórios?”
Do senador Roberto Requião (PMDB-PR), em pronunciamento no Senado, destacando as contradições dos discursos de setores da oposição, em especial de políticos do PSDB. Dos cinco estados governados pelo PSDB até o final do ano passado, em apenas dois – São Paulo e Rio Grande do Sul – foi implantado o salário mínimo regional, mesmo assim, com valores máximos de R$ 600.
No Paraná, estado que foi governado por Requião até o início de 2010, foi criado o salário mínimo regional com valor máximo de R$ 765, para trabalhadores que não são sindicalizados. O Senado deverá votar ainda nesta quarta-feira (23) o novo salário mínimo nacional, proposto pelo governo federal em R$ 545.

Um comentário:

elias glaucio disse...

Esse e o verdadeiro Requiao,contestador e independente.Enfim,teremos uma voz ativa no Senado.Espero nao me enganar.

Postar um comentário