segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Argentina



A presidente Dilma Rousseff (PT), hoje, durante a sua visita a Argentina terá um encontro com as Avós e Mães da Praça de Maio, na Casa Rosada (Sede governo Argentino).
Ela ex-militante contra a ditadura, e por ter sido tortura tem acenado desde seu discurso de posse não a memória das pessoas, muitos seus companheiros, que lutaram contra o regime militar. Porque infelizmente até hoje vários permanecem desaparecidos.
Como declarou a presidente do Grupo das Avós e Mães da Praça de Maio, Estela Barnes, que é o Brasil precisa saber o que houve com essas pessoas, e os números de mortos desaparecidos.
Ele está certo, o Brasil há mais de 20 anos, percorre um caminho da construção de sua democracia, e manter em silêncio a barbárie que foram os anos de regime militar e inaceitável.
Outro mal daquele período que não deve ser esquecido é a censura, que os governantes mantenham viva a liberdade de expressão, para que não presenciamos em pleno século XXI tentativas de censurar.
Vamos ficar de olho.


2 comentários:

Valdir Malagueta disse...

Parabéns pelo Blog. Muito bom.

Edrsante disse...

Muito, muito bom seu post, parabens, lamento não poder opinar, depois se pergutares lhe direi o porque. bjos caso queira ler algumas bobagens visite o meu http://t.co/wCxsQNp

Postar um comentário